quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

U.S SELF-PROPELLED GUNS: The M8 HMC

O M8 HMC começou a chegar aos combates durante o final de 1943 e esteve em serviço tanto na Itália quanto no Noroeste Europeu. O M8 equipava a Companhia de Q.G nos Batalhões de Tanques americanos até a chegada do M4 Sherman equipado com o obuseiro de 105mm durante a primavera de 1944. Os M8 HMC também abasteceram o exército da França Livre, nas atividades de apoio de fogo em suas divisões blindadas. Na imagem acima aparece o kit da Tamiya do M8, numa cena que mostra a guarnição preparando-se para disparar sobre a retirada dos alemães, durante a tomada da cidade de Coutances, na França em Julho de 1944. *Clique na imagem para visualizar melhor. Agradeço a sua Visita!!!

sábado, 1 de dezembro de 2012

CHERBURGO: PORTO EM RUÍNAS-Cena

A batalha pelo porto de Cherburgo teve início a 18 Junho 1944 com um ataque da 4º e 79º U.S Div.Inf.Foi o primeiro porto da Normandia a cair em mãos aliadas. Dentro da cidade, a resistência alemã era severa e de casamata em casamata, as tropas americanas avançaram, usando metralhadoras, obuseiros e cargas de demolição, ajudavam a esmagar sistematicamente as defesas da guarnição, porém a violência dos combates estava resultando em deixar para os americanos, não um porto, mas um campo de ruínas.
Esta cena faz parte do meu diorama sobre o Porto de Cherburgo, durante a Campanha da Normandia. Resolvi apresentar esta cena, onde mostra o momento onde um grupo de "amarfanhados e pachurrentos" prisioneiros alemães estão de passagem por um dos bunkers. Tem figuras de soldados americanos perto do bunker. A foto acima, foi a inspiração para a cena. *Clique na imagem para visualizar melhor. Agradeço a sua Visita!

terça-feira, 27 de novembro de 2012

1/35 DIORAMA: DAK FLAK ABTEILUNG 606

Quando da fase inicial da Campanha do Deserto do DAK, o 606th FLAK Abteilung fazia parte da 5th Divisão Ligeira. Os Kfz10 com Flak38 eram pequenos veículos de meia-lagarta, que nas condições da guerra no deserto, provaram ser de grande valor, graças a sua mobilidade e poder de fogo. Este kit é da Italeri na Escala 1/35 e a Flak 38 é da Tamiya e foram pintados com acrílicos Tamiya e a pintura descascada com enamel da Modelmaster. A figura é Alpine.
Com o auxílio de um binóculo, um membro da guarnição da Flak escaneia a vastidão do deserto, à procura de movimentos do inimigo. O Kfz 10/4 possui um canhão de 20mm, modelo FLAK 38, que foi amplamente usada, não somente para a defesa aérea, mas também era empregada para enganjar alvos terrestres. Na Campanha do Deserto, um Batalhão de FLAK do DAK, normalmente era constituído de duas baterias pesadas, cada uma com 4 FLAKs 88mm e uma bateria leve, com canhões de 20mm e 37mm.
Agradeço a sua Visita!!!

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

EUROMILITAIRE 2012

Seguem algumas fotos de dioramas apresentados na EuroMilitaire 2012, evento que aconteceu em setembro, na Inglaterra. Agradeço a sua visita!!!

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

U.S ARMORED INFANTRY-DIORAMA 1/35

Para fazer esta cena utilizei as 4 figuras do set da Dragon 6120, que com algumas pequenas modificações, ficaram os uniformes de acordo com o padrão mais comum utilizado pelo Exército Americano durante a Campanha da Normandia.A figura da direita é em resina (Verlinden), com a postura um pouco modificada. O Sherman M4A3 de 105mm, é da Dragon e as placas de trânsito são impressos da ModelVictoria. Esta cena faz parte de um diorama sobre a Campanha da Normandia na escala 1/35, que em breve será publicado. Agradeço a sua visita!!!

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Das Reich Nachrichtentruppe-DIORAMA 1/35

Uma dupla de soldados de comunicações, dá um tempo em seus aparelhos pra um lanche e um cigarrinho....Os Postos de Rádio usavam o confiável Torn.Fu que era um rádio receptor/transmissor. Existiam diversos modelos e eram identificados por uma letra, ou uma combinação de letra/número, tais como o Torn.Fu.b1, d2, f ou k. Esses subtipos cobriam diferentes alcances de frequência.  O Torn.Fu.d2 (que aparece aqui) era usado para as comunicações entre o regimento de infantaria e seus batalhões e companhias. Os O.A da artilharia operavam o Torn.Fu.k. Esta cena faz parte do meu diorama sobre a Campanha da Normandia. Além dessas duas figuras interessantes, aparece também um Hummel com a sua guarnição de 5 tanquistas com uniformes camuflados das Waffen SS, em frente a um Café Frances, numa rua da cidade de Roncey em Julho de 1944.
As figuras são do set da Dragon 6309 Verfugungstruppe, usando cabeças em resina da Verlinden, porque as que vem no kit da DML são pobres em detalhes na expressão facial. As outras 2 figuras, apesar de não aparecerem nesta imagem, também foram usadas neste mesmo diorama, que será publicado em sua íntegra em breve.....Foram pintados com acrílicos Tamiya e com os usuais óleos da acrilex. O muro e o prédio foram feitos em gesso e pintados em enamel da Humbrol. Vale o mesmo para a Fonte de água. As placas de propaganda e de trânsito são impressos Verlinden. Tudo é na escala 1/35. A propósito do título desta postagem: Nachrichtentruppe=Tropas de Comunicações.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Opel Blitz Omnibus Kommanderwagen

Este kit é em resina da Ironside na escala 1/35. Encontrei as fotos num site russo, achei interessante e resolvi mostrar pra vcs, uma vez que este kit de caminhão é um modelo que não é muito comum de se ver por aí.....espero que os fabricantes de plástico resolvam logo apresentar um desses em algum catálogo. Pessoalmente desejo ter muito um desses, mas em kit de plástico. Encarar um projeto desses em resina, não é muito agradável...principalmente para o bolso ($$$$...) è claro que o modelista russo que montou este kit, também usou peças da Lion Roar, Voyager, Mig e RoyalModels, além da parte frontal do caminhão que é do kit do Opel Blitz da Tamiya. Infelizmente após inúmeras tentativas, não consegui encontrar o nome do artista que montou e pintou este modelo, uma vez que o site está todo em russo e vai entender aquela linguagem complicada....(!)
Este é outro kit, montado num diorama na escala 1/35 com um belo trabalho feito, mostrando um modelo bastante danificado por tiros e explosões. Também não consegui saber o nome do artista, para dar o crédito da foto. Quem saber, favor de me avisar......

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

MOSONMAGYAROVAR 2012

Essas são algumas fotos de dioramas apresentados na exposição internacional de modelismo em Mosonmagyarovar, Hungria, evento realizado em 15 de Abril 2012.

Agradeço a sua visita!

sábado, 4 de agosto de 2012

THE DUKW IN HOLLAND, 1944-45

O DUKW era a versão anfíbia do caminhão de 3 eixos fabricado pela GMC. Este kit é da Italeri e pintei usando acrílicos da Tamiya XF-62. Depois que a demão de X-22 Verniz incolor estivesse completamente seca, apliquei o processo de whashing com os usuais Raw Umber e Burt Sienna e o drybrushing também foi com tinta à óleo. O DUKW até era um veículo grande, com os seus 9,4m de comprimento e pesava 5,9 Toneladas vazio ou 6,5 Toneladas de peso total com a carga.
Um veículo anfíbio de muita versatilidade, o DUKW participou dos desembarques na Sicília, Itália e em quase todas as operações de desembarque no noroeste do continente europeu, transportando mantimentos e tropas. Na sua estréia operacional de combate, o DUKW foi a arma secreta dos aliados na Sicília, ao permitir o reabastecimento nas praias que não possuíam as facilidades dos acessos de um porto, dessa forma as tropas aliadas podiam desembarcar em áreas não defendidas. As figuras são em resina e foram pintadas com enamels da Humbrol.
A capacidade de carga do veículo era de 2,3 toneladas ou 12 soldados equipados. O DUKW normalmente era usado para fazer o transporte dos mantimentos, munição e combustível dos navios até a praia de desembarque. O veículo não era blindado de forma que este movimento de mar-terra somente podia ser feito a partir do momento em que a cabeça-de-praia estivesse segura. O DUKW não era empregado durante a fase incial do assalto anfíbio, mas sim nas fases subsequentes da operação anfíbia.

* Clique na imagem para visualizar melhor.

Agradeço a sua Visita!

terça-feira, 10 de julho de 2012

PANZER II - D.A.K

Este Panzer II Ausf C é um kit da Alan, na Escala 1/35 e representa um PzKpfw II da 8th Companhia, II Batalhão do 8th Regimento Panzer da 15th Divisão Panzer, na Líbia em 1942.

Este modelo foi pintado com acrílicos da Tamiya e enamels da Modelmaster para a tinta descascada e também na pintura das lagartas. Existe uma foto publicada na página 61, "Panzer Colors II" que serviu de referência para a pintura e a colocação das marcas táticas e divisionais no veículo. A figura é da Alpine.
O modelo foi pintado em XF-59 Desert Yellow e diversos whashings e drybrushings foram feitos para que a cor ficasse o mais próximo na aparência do yellow-brown, típica dos veículos utilizados durante a Campanha do Deserto pelo Deutsches Afrika Korps.

*Clique na Imagem para visualizar melhor.

Agradeço a sua Visita!

quinta-feira, 5 de julho de 2012

SOVIET M-30 122mm HOWITZER

O Obuseiro rebocado de 122mm M1938 (M-30) entrou em serviço no Exército Vermelho em 1939 após o programa de padronização ocorrido em Setembro de 1938. Normalmente haviam 36 canhões nas Divisões de Infantaria Motorizada (Motor Rifle Division), sendo dois Batalhões em cada um com 18 canhões distribuídos em 3 Baterias de 6 peças. Já nas Divisões de Tanques, o poder de fogo era maior, pois haviam 54 canhões em 3 batalhões com 18 canhões cada um, sendo 6 peças em cada uma das 3 Baterias.

O Exército russo fez amplo emprego desta arma. Eles foram principalmente usados ​​como armas de fogo indireto contra concentrações de tropas e fortificações de campo, e quando necessário, também disparava diretamente contra o avanço dos tanques alemães após a introdução da granada anti-carro, com capacidade de alto explosivo anti-tanque, que foram desenvolvidos em 1943.

O kit é da Zvezda e escolhi montar na posição de transporte. Pintei com acrílicos Tamiya XF-57 N.A.T.O Green e depois de aplicar uma capa de verniz X-22, apliquei o processo do whashing com os usuais tintas à óleo diluídos em thinner mineral. Depois de aguardar 24 horas para que tudo tenha secado, apliquei a técnica do drybrushing para deixar o kit na aparência da cor mais realista possível de uma peça de artilharia russa. Note as balizas de pontaria, com as suas cores bem características. Usei acrílico branco e escolhi um óleo na cor vermelho chinês, para a pintura das faixas. Este modelo de obuseiro faz parte de um diorama sobre a Batalha de Stalingrado.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

SOVIET 45mm GUN in STALINGRAD

Nesta cena mostramos uma guarnição soviética de canhão anti-carro de 45mm L/46 modelo 1938 numa esquina de rua na Batalha de Stalingrado. Este modelo particular de canhão, foi baseado no exemplar germânico, fabricado pela Rheinmetall, ou seja, o 3.7cm PAK 35/36 de 37mm. O peso de combate era de 510kg e disparava uma granada 1,43kg na qual era capaz de penetrar facilmente 38mm de blindagem a um ângulo de 30 graus numa distância de tiro de batalha (1000m). Do arsenal russo, uma arma de capacidade anti-carro muito eficiente e que permaneceu em serviço até ao final da guerra.

O kit do pequeno notável canhão é da ICM, mas podia ser também da Alanger, uma vez que a árvore de peças são praticamente iguais. Vêm com opção de montagem o modelo 1942, que é o tubo do canhão mais longo e pneus do tipo usado nos caminhões GAZ-AA. Escolhi o modelo mais antigo, de cano curto e pneus com raiamento, parecido com pneu de bicicleta. A montagem foi direto de caixa e é simples. Para a pintura, usei acrílicos Tamiya XF-67 NATO Green e XF-54 nos pneus e X-22 Verniz para proteger a pintura dos efeitos do Washing, feitos da maneira usual, com óleos Raw Umber+Black+Burt Sienna. Depois de seco, fiz o Drybrushing e finalizei com metálicos da Modelmaster (Steel). Para o acabamento na aparência dos pneus usei os óleos Black e depois Raw Umber. As figuras são da Alanger e os uniformes foram pintados também com Tamiya XF-59. O modelo em segundo plano, é um kit da Dragon, German Panhard P-178, nas cores de German Grey. O cartaz russo é sobre um evento que vai acontecer num teatro.....que provavelmente foi destruído, em razão dos violentos combates.

*Clique na imagem para visualizar melhor.

Agradeço a sua Visita!!!

sábado, 16 de junho de 2012

SS ERSATZ-BATAILLON 16

A primeira unidade alemã a entrar em ação, após os desembarques britânicos na área de Arnhem, foi o SS-PanzerGrenadier-Ausbildungs und Ersatz-Bataillon 16. Esta cena retrata dois oficiais do "Batalhão Kraft" conferindo no mapa as prováveis localizações das zonas de descida dos paraquedistas ingleses, durante a tarde de 17 de Setembro. A cena também pode sugerir à nossa imaginação que o outro NCO esteja apontando a direção do inimigo, uma vez que a placa de trânsito foi elaborada para ajudar a estabelecer as distâncias dos acontecimentos. Conforme a minha interpretação histórica, fiz esta cena mostrando uma casa na Stationsweg, que é uma estrada ao norte de Oosterbeek, de onde os ingleses estavam apenas a 3km a oeste deste local.

As figuras são da Dragon. O oficial com jaqueta de submarinista, é do set 6014 German Tank Crew e veste calças que pintei no padrão italiano de camuflagem. O mapa é impresso em papel Verlinden. A outra figura usei do kit 6309, mas tive que colocar uma cabeça de resina da Warriors, porque a que vinha no kit não servia para esta cena. A jaqueta foi camuflada nas cores, para ficar parecido com o padrão típico das Waffen SS. Ambas as figuras foram pintadas com acrílicos da tamiya e usei as tintas à óleo para a pintura da face e mãos diluídos em terebintina, para facilitar a aplicação. Usei letra-set para fazer as placas de trânsito e fixei numa haste de plástico, que foram pintadas com tinta enamel conforme eram as placas holandesas naquela época. Mais uma vez, os pavimentos de tijolos, eram comuns na Holanda em 1944.

*Clique na imagem para visualizar melhor.

Agradeço a sua Visita!

terça-feira, 15 de maio de 2012

WINTER PANZER RIDERS 1944-45

Programei esta pequena cena para apresentar um grupo de Panzergrenadiers num avanço na direção das posições russas, durante um ataque blindado combinado com infantaria, numa das muitas batalhas urbanas da Frente Oriental, que ocorreram durante o inverno de 1944-45.
Este é o SdKfz 234/2 "Puma", esta versão do veículo de 8 rodas, possuía uma torre giratória, montando um canhão PAK38 de 50mm. O carro blindado de reconhecimento continua no seu deslocamento a frente, com uma carga de Panzergrenadiers. Nem todos os Granadeiros tinham a "felicidade" de receber as jaquetas de inverno camufladas, que para o soldado de infantaria era um vestuário bem mais "operacionail" que o tradicional Great Coat....muito comprido, grande e pesadão.....desajeitado demais para um soldado usar dentro de um veículo ou mesmo no lado de fora......na carona (!)
Usei o kit da Dragon 6513 e coloquei as 4 figuras a bordo do kit do Puma da Italeri, todos na escala 1/35. As figuras são de uma qualidade incrível. Vem moldadas em uniforme de inverno. Duas delas vem com o comum Great Coat alemão, que pintei com Tamiya XF-53 e as outras duas no uniforme reversível em duas peças(calça e jaqueta). A figura mais ao fundo da imagem, fiz com ela usando a jaqueta com o lado de camuflagem de neve, na qual usei a cor acrílica Insignia White.
Essas figuras são moldadas para serem posicionadas num kit de Panzer IV podendo o tipo ser o Ausf. H ou o J, mas precisei apenas de ligeiras modificações na postura de cada uma delas, para adaptá-las a parte traseira do carro blindado Puma.
Outra visão da parte de trás do Puma, mostrando as boas figuras do conjunto da Dragon 6513 se adaptaram muito bem a cena proposta com o veículo blindado do kit da Italeri. O Grenadier com o lado reversível em camuflagem para neve, pintei de tal forma para aparecer que ele usa calças comuns de infantaria, em Feld Green e não as reversíveis de inverno, como vem no kit. As bandoleiras das armas foram feitas em papel, dobradas com cuidado e coladas com cola branca. Depois de seco, usei bonder como adesivo para fixá-las no local apropriado das armas. Podem ser pintadas em enamel.
O NCO que comanda o grupo embarcado esta armado com uma MP-40. Esta figura tirei do set da Dragon 6162 Winter on Set, que como esta cena se passa no período de 1944-45, me pareceu ser apropriada estar usando aquela jaqueta camuflada no padrão da Wehrmacht ou em termos mais formais: lightweight smock, reversible Army splinter camouflage/white.
*Clique na imagem para visualizar melhor.
Agradeço a sua Visita!

domingo, 15 de abril de 2012

WEHRMACHT NCO AND WIKING SS TANKER

Já no verão de 1944, na frente oriental, o 4th Corpo Panzer SS vinha tendo muita ação, mas com algum sucesso, desde a metade de Julho. No final de Agosto, a Totenkopf e a Wiking jé estavam em combate diante de Varsóvia, detendo os russos no Vístula. Em outubro, as duas divisões estiveram envolvidas em violentos combates nas proximidades da capital Polonesa e num combate menos glorioso, tentando sufocar uma rebelião popular dentro da própria Varsóvia. No final daquele mês, a pressão inimiga na região diminuiu a ponto de que o 4th Corpo Panzer SS, foi novamente retirado da linha e colocado na reserva.

A imagem temos o kit da Italeri do Sdkfz 234/1 pintado em Panzer Dark Yellow, na qual eu usei uma mistura de acrílicos da Tamiya XF-57, XF-3 com um pouco de XF-2 e XF-64, uma vez que o XF-60 é uma tonalidade de Dark Yellow que não me agrada para ser usado nos panzers alemães. Tudo foi aplicado a aerógrafo, finalizando com uma capa de X-22 Clear, para proteger a pintura acrílica dos efeitos do Whashing e Drybrushing.

As figuras são em resina e o tanquista foi pintado nas cores de camuflagem no estilo das Waffen SS e o NCO de infantaria pertence a alguma unidade da Wehrmacht que esteve envolvida nos combates em torno de Varsóvia. Observe que ele usa um armamento capturado dos russos, no caso aqui uma PPSH-41. Interessante paciência foi a de fazer a pintura de camuflagem do tipo splinter, no capacete do nosso guerreiro.....

*Clique na imagem para visualizar melhor.

Gratos da Visita!!!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

WIKING SS TANKERS

A ofensiva de primavera russa no ano de 1944, pegou os alemães despreparados, eventualmente cercando o 1th Exército Panzer completamente, num enorme bolsão em torno da região de Kamentz-Podolsk e outro cerco embora de menor tamanho também se formaria na área de Kovel. Neste campo de batalha, duas divisões da SS, a Totenkopf e a Wiking ficariam envolvidas em intensas e contínuas batalhas defensivas contra os russos, até a conclusão da batalha, em Abril de 1944.
Aqui uma rara oportunidade de se ver uma figura dentro da torre de combate de um kit da Italeri, o Sdkfz 234/1, uma vez que existe uma dificuldade de se adaptar uma figura em um espaço tão reduzido....acho que ficou legal. As duas figuras são em resina e são moldadas com aquele interessante uniforme de peça-única, que foi pintado com tintas acrílicas da Tamiya e camuflado no estilo padrão das Waffen SS. Os detalhes do uniforme são tão bem esculpidos, onde podemos ver também as golas da camiseta cinza claro por baixo do uniforme camuflado. A figura com o quepe de oficial, é o comandante do carro blindado.
*Clique na imagem para visualizar melhor.
Gratos da Visita!!!

quinta-feira, 15 de março de 2012

U.S INFANTRY AND TANK CREW

Esta imagem faz parte do meu diorama sobre a Tomada de Cherburgo. O tanquista pertence ao 740th Batalhão de Tanques, unidade americana, que com os seus blindados, apoiaram os GI's durante os combates de rua, naquela cidade francesa. Cherburgo foi o primeiro porto na normandia a cair em mãos aliadas, mas os alemães foram hábeis em demolir os acessos do porto prejudicando o desembarque de suprimentos e comprometendo o abastecimento americano durante meses. A figura do GI, representa um infante da 4th ou da 79th Divisão de Infantaria, que realizaram o assalto final, entre 21-27 de Junho 1944.

As figuras são em resina da Verlinden, relativamente modificadas para se adequarem a cena proposta. Os uniformes e equipamentos, foram pintadas com enamels da Humbrol e os óleos diluídos em terebintina foram para as faces e mãos. As placas de trânsito também são Verlinden do set VP#18 "German Roadsigns Normandy" e a placa comercial é da Custom Dioramics. Os demais acessórios vieram da Tamiya 35186 German Fuel Drum set.


*Clique na imagem para visualizar melhor.


Agradeço a sua Visita!!!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

SHERMAN M4 105mm HOWITZER

O Sherman M4 equipado com o obuseiro de 105mm, era um tipo relativamente novo de tanque que começou a aparecer duas semanas depois dos desembarques na normandia. Este tipo de tanque fazia parte das companhias de Q.G nos batalhões de tanques do exército americano, para proporcionar apoio de fogo de artilharia adicional às operações blindadas.

O cenário onde aparece este modelo de tanque Sherman, é um diorama tratando sobre a cidade de Coutances, que foi tomada pelo 8th Batalhão de Tanques da 4th Divisão Blindada americana durante a noite de 28 Julho 1944, durante a fase de exploração seguida da Operação Cobra.



As figuras são em resina de diversos fabricantes, Nenrod, Warriors, combinados com sets de cabeças Verlinden. O modelo é da Dragon/DML com algumas modificações....


*Clique na imagem para visualizar melhor.


Agradeço a sua Visita!